Notícias › 04/12/2017

Cerca de 100 jovens fazem experiência missionária na Amazônia Legal

Cerca de 100 jovens de todo o Brasil realizam na diocese de Caxias do Maranhão (MA) uma experiência missionária em comunidades da Amazônia Legal. O grupo da Missão Jovem da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) está na região deste a última sexta-feira, 1º, e permanece até o próximo domingo, 10.

Nos dois primeiros dias, os jovens participaram de uma formação sobre a cultura do povo local e também estudaram a importância da continuidade da ação missionária na sua comunidade de origem após a experiência de missão.

Durante esta semana, os jovens visitarão famílias, doentes, idosos, hospitais, a Fazenda da Esperança da diocese e presídios. Em todos os dias, as atividades terão início com a mística missionária e, à noite, acontecerão celebrações com as comunidades. No último dia, todos os missionários farão uma avaliação e participarão da celebração de envio.

Para o bispo de Imperatriz (MA) e presidente da Comissão para a Juventude da CNBB, Dom Vilsom Basso, a missão será uma presença bonita, de testemunho eclesial e social da juventude. O bispo espera que a experiência estimule o espírito missionário nos jovens do Brasil.

Dom Vilsom ressalta ainda que a missão é eminentemente laical: “haverá lá padres e religiosas acompanhando, mas a missão é feita pela juventude, leigos e leigas na missão”. Neste Ano Nacional do Laicato, segundo o bispo, “em todas as experiências de missão jovem queremos nos unir ao laicato do nosso país e fazer com que nossa juventude seja de fato sal da terra, luz do mundo, fermento na massa”.

De acordo com o assessor da comissão, padre Antônio Ramos do Prado, o padre Toninho, a diocese de Caxias é de uma grande identidade missionária e traz uma das mais belas experiências de missões de Igreja no país: “Nela os jovens poderão beber de uma profunda experiência missionária com o povo de Deus que caminha”.

Sobre o projeto

A missão jovem teve início em dezembro de 2014, quando 72 jovens representantes das várias expressões juvenis de todo Brasil foram enviados para a Amazônia. Na ocasião, outras comissões da CNBB estiveram envolvidas as atividades. Em 2015, o projeto foi avaliado e tomou novas dimensões. Segundo padre Toninho, a missão jovem agora também é organizada pelos regionais que desejarem, com a continuidade da realização na Amazônia Legal pela Comissão.

Padre Toninho ainda ressalta a parceria com a Missão Salesiana na Amazônia, firmada em 2016, definindo a realização da Semana Santa Missionária na Amazônia. “Todos os anos são nos oferecidas 50 vagas que são divididas entre os jovens de várias expressões do Brasil”, conta.

A missão em Caxias é a terceira realizada pela Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB. No próximo ano, na mesma data, a Missão Jovem será na região do Bico do Papagaio, diocese de Tocantinópolis (TO).

Por Canção Nova, com CNBB

Imprimir

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.