Notícias › 31/01/2017

Vaticano condena atentado contra muçulmanos no Canadá

O Papa Francisco lamentou o atentado realizado na noite deste domingo, 29, em um centro cultural islâmico de Quebec, no Canadá, em que morreram seis pessoas e outras oito ficaram feridas. O Vaticano publicou um telegrama nesta segunda-feira, 30, com o pesar do Papa.

Na mensagem assinada pelo secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin, Francisco manifesta sua proximidade às vítimas e familiares e a todas as pessoas que ajudaram no socorro. O Santo Padre, novamente, condenou a violência que gera tanto sofrimento, implorando a Deus o dom do respeito recíproco e da paz.

O Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-Religioso manifestou, em comunicado também divulgado hoje, sua tristeza e indignação pelo atentado contra muçulmanos recolhidos em um momento de oração em seu lugar de culto.

“Com este gesto insensato foram violados a sacralidade da vida humana, o respeito devido a uma comunidade de oração e ao lugar de culto que a acolhia”, informa o comunicado.

O órgão condenou o atentado e manifestou sua solidariedade aos muçulmanos do Canadá, assegurando a sua férvida oração pelas vítimas e familiares.

Por Canção Nova, com Boletim da Santa Sé

Imprimir

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.